Templates by BIGtheme NET

Nos três primeiros meses, Secretaria de Esportes inicia processo de concessão do Complexo do Ibirapuera

Primeiro trimestre da nova gestão também é marcado por renovação de programas, entregas e inaugurações de equipamentos


Foto: Antônio Duarte

Entre janeiro e abril deste ano, a Secretaria de Esportes, juntamente com a Secretaria de Governo, encaminharam à Assembleia Legislativa o projeto de lei 91 para a concessão do Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, o Complexo do Ibirapuera. Esta ação pretende conceder o local à iniciativa privada por 35 anos, desde que os critérios sejam cumpridos, como: construção, manutenção e exploração de nova arena multiuso (com capacidade de 20 mil lugares e estacionamento subterrâneo para cinco mil veículos), adequados para eventos de diversos segmentos, principalmente de esporte, e permaneça com o nome “Ibirapuera”. Sete estudos serão analisados e a intenção é que o edital seja publicado até outubro.

Durante o mês de março, a pasta também lançou o Centro de Formação Esportiva com a proposta de firmar parcerias com as prefeituras. O intuito é apoiar as iniciativas municipais, oferecendo subsídios para implantar ações dentro dos espaços cedidos pela própria cidade. Para atender o público infanto-juvenil (10 a 17 anos), o programa disponibilizará o valor de R$ 250 mil e as inscrições estão abertas até 30 de junho.

Esse período é considerado de suma importância para a pasta, pelo fato de intensificar os programas implantados, ampliar a entrega de equipamentos e expandir a presença do esporte em todas as camadas sociais. Foram realizados diversos levantamentos para observar as principais necessidades, aplicar soluções, atender as reivindicações dos municípios e colocar em prática questões que enfrentavam resistências nas últimas gestões, inclusive as tratativas para retomar as obras do Conjunto Desportivo Baby Barioni e reabri-lo para a população.

Mais benefícios

Nesse trimestre, a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte aprovou 125 projetos, entre os dias 14 e 19 de março, dentro dos 799 inscritos no ano passado.

O programa Esporte Social teve o orçamento alterado, de R$ 15 para R$ 45 mil, oferecendo mais condições para que a iniciação esportiva seja mais efetiva, estimulando as crianças (7 a 14 anos) a praticar o esporte ainda mais cedo.

O VidAtiva, por sua vez, apresentou importantes resultados, com o benefício direto a 3,2 mil idosos realizando atividades físicas, por meio de uma rede conveniada com 79 clubes e academias.

No início de abril, a pasta destinou kits esportivos para 56 cidades. Além disso, de janeiro a março, quatro quadras de futebol society e três pistas de skate foram inauguradas.

 

Sede: Praça Antônio Prado, 09 – Centro – 01010-010 - São Paulo – SP - Fone: 11 3241-5822