Templates by BIGtheme NET

#FERASNOESPORTE – A força do futebol feminino e a paixão pelo Badminton nos Jogos Regionais

Atletas mostram a paixão pelo esporte e como vão representar a cidade nos Jogos Abertos do Interior.

Para dar sequência as matérias especiais produzidas pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, entrevistamos a lateral-esquerda Thaini Nunes, do time de futebol feminino Guerreiras Grenás de Araraquara para representar a 5° Região Esportiva, e o jogador de badminton, Giovane Oliveira de Mirassol da 6° Região Esportiva.

A lateral-esquerda do time afeano, Thaini de 22 anos, faz parte de uma forte equipe que esse ano foram consagradas bicampeãs dos Jogos Regionais. Depois que defenderam Araraquara no campeonato, a meia Ana Flávia Pissaia e a atacante Thaicyane Rocha foram convocadas para treinarem na Seleção Brasileira.

Já o atleta mirassolense de 21 anos, diz ter se apaixonado pelo badminton assim que começou a treinar, desistindo da carreira de jogador de futebol e recusando propostas de grandes times como Santos e São Paulo para se dedicar à modalidade que lhe rendeu a medalha de campeão nos Jogos Regionais.

Confira o nosso bate-papo com os atletas:

SELJ – Como o esporte surgiu na vida de cada um?

Thaini: Comecei brincando na rua, com os meus amigos. Desde pequena sempre gostei de jogar futebol e então fui atrás de realizar meu sonho.

Giovani: Conheci há um ano e meio em um projeto social através do professor Leandro Balbino que é meu técnico, meu irmão começou a treinar e me chamou pra ir a um treino, eu fui e acabei me apaixonando já no primeiro dia.

SELJ – A prática esportiva já estava presente no dia a dia?

Thaini: Antes do futebol eu pratiquei Triátlon, dos 11 aos 13 anos.

Giovani: Sim, futebol e tive propostas para jogar no Santos e no São Paulo, e também pratiquei vôlei, karatê e entre outros.

SELJ – Quem te inspira no esporte?

Thaini: Cristiano Ronaldo me inspira no esporte, pela dedicação que ele tem para sempre estar bem e desenvolver seu melhor para sua equipe.

Giovani: No cenário brasileiro, o Ygor Coelho que é o nosso representante nas Olimpíadas, mas minha grande inspiração vem do dinamarquês Viktor Axelsen que é medalhista olímpico no badminton.

SELJ – O que o esporte mudou na sua vida?

Thaini: O esporte muda vidas, oferece novas expectativas e novas experiências. Abre os olhos em relação ao mundo, te leva a conhecer lugares e pessoas incríveis.

Giovani: Praticamente tudo. Saúde, autoestima e autodisciplina.

SELJ – Como foi a participação durante os 62° Jogos Regionais?

Thaini: Foi muito boa, tive oportunidade de interagir com meninas bem mais novas que eu e ajudá-las de certa forma, passando um pouco da minha experiência e ajudando no que fosse necessário.

Giovani: Foram jogos bem difíceis, contra atletas de alto nível, mas consegui desenvolver meu jogo e notar uma boa evolução.

SELJ – Como foi representar a sua cidade durante o campeonato?

Thaini: Gratificante! Conseguir o vice-campeonato e representar 200 mil pessoas, com um time muito jovem, foi emocionante, ainda mais por termos conseguido uma vaga para os Jogos Abertos.

Giovani: Poder trazer resultados positivos para cidade que nasci e ter o reconhecimento das pessoas, não tem dinheiro que pague. Ainda sonho em dar muito orgulho.

SELJ – Como é trabalhar em equipe?

Thaini: Difícil, mas lutar ao lado de pessoas é melhor que ir pra guerra sozinha. Futebol é um jogo de grupo e juntas podemos conquistar os nossos objetivos.

Giovani: Ninguém consegue chegar a um lugar algum sozinho, então sou grato aos meus companheiros de equipe que me incentivaram muito. Eu tenho a melhor equipe.

SELJ – Quais as expectativas para os 82° Jogos Abertos do Interior “Horácio Baby Barioni”?

Thaini: Poder fazer uma boa campanha, divulgar o esporte e ser campeão.

Giovani: Estou me preparando bem para chegar forte e muito bem preparado tanto o técnico quanto o físico, pois quero por mais um ano trazer o ouro para a cidade.

SELJ – Qual a mensagem que você deixa para as pessoas sobre o esporte e um convite para o público prestigiar os 82° Jogos Abertos do Interior “Horácio Baby Barioni”.

Thaini: Venha prestigiar o esporte, tem pra todas as idades e gostos. Venha se divertir.

Giovani: Vamos prestigiar o Badminton nos Jogos Abertos do Interior, espero o ginásio lotado com famílias, crianças e jovens, tenho certeza que vocês serão surpreendidos.

Acompanhe a nossa série #FERASNOESPORTE aqui.

Sede: Praça Antônio Prado, 09 – Centro – 01010-010 - São Paulo – SP - Fone: 11 3241-5822